Top Tennis

350 figuras, ilustrações e gráficos

169 páginas de alta qualidade

Texto de fácil assimilação

Totalmente colorido

Conteúdo do Site

Pesquisa


Untitled Document

 

Total de Dicas postadas: 507

Data: 27-07-2019

Número: 1003

Segundo as estatísticas internacionais, o tênis é considerado um dos esportes mais difíceis do mundo. São, por isso, inúmeros os casos de pessoas que abandonam o tênis, por acharem que não levam jeito para este esporte, quando na verdade é realmente a incapacidade de ensinar de alguns treinadores que as leva a desistirem do tênis.
Como não existem dois seres humanos iguais na face da terra é natural que cada aluno seja uma nova experiência para o treinador, que precisará fazer determinadas adaptações frente a algumas dificuldades do aluno para aprender através do estilo padrão.
Exemplos dessa versatilidade do ser humano podem ser observados mesmo no estilo dos melhores jogadores do mundo, pois alguns batem a esquerda com duas mãos enquanto outros o fazem apenas com uma. Outros atletas sacam fazendo um movimento amplo da raquete em que a cabeça dela começa indo para baixo, passando próxima ao chão, seguindo dali para trás das costas do sacador, que é o local em que se dá a explosão do movimento em direção à bola. Enquanto isso há um grande número de jogadores na atualidade que inicia o movimento curto de laçada do saque levando imediatamente a raquete para cima e para trás de suas costas.
Um magnífico exemplo de que só não aprende qualquer esporte quem não quer é o da prática para-olímpica que vem a cada dia ocupando maior espaço no interesse da população mundial e da mídia.  
Por inúmeras vezes ouvi de certos treinadores - no meu julgamento incapacitados para exercerem a profissão - o seguinte comentário sobre dificuldades de aprendizado de alguns de seus alunos: “- Já falei um monte de vezes para ele que aquele movimento está errado, mas ele não quer me ouvir! Daí, então, ele que se dane!”
Na verdade não é o aluno que não quer aprender; é que ele já tem um movimento errado implantado em seu subconsciente e mudar daquele estilo para o novo é uma tarefa muito árdua e demorada, sendo necessário que o treinador tenha bastante paciência, repetindo por meses a nova orientação, até que ela seja arquivada no cérebro do aluno, após ter sido apagado o antigo movimento defeituoso.
Finalizo estas Dicas dizendo que meu propósito com o teor desta mensagem é evitar que inúmeras pessoas desistam do tênis, diminuindo com isso a população mundial de praticantes deste esporte.

Lembro também que é da máxima responsabilidade das associações desportivas só permitirem o trabalho de treinadores capacitados, pois os iniciantes não têm meios de avaliar seus potenciais professores, além de confiarem plenamente nas pessoas indicadas pelos clubes.    

TAGS: 

Anterior - Próxima