Top Tennis

350 figuras, ilustrações e gráficos

169 páginas de alta qualidade

Texto de fácil assimilação

Totalmente colorido

Conteúdo do Site

Pesquisa


Untitled Document

 

Total de Dicas postadas: 485

Data: 12-02-2019

Número: 983

As Dicas de hoje se concentrarão numa antiga final do US-OPEN entre Federer e Del Potro. Federer ganhou com certa facilidade o primeiro “set” por 6/3, porque conseguiu jogar à base de primeiro saque e também por ter quebrado o serviço de Del Potro logo no segundo “game” desse “set”, quando Del Potro errou duas bolas no fundo da quadra adversária, por tê-las executado com o corpo caindo para trás. O único comentário negativo a fazer sobre Del Potro nesse último “set” é que ele cometeu um erro de direita ao golpear uma bola completamente desequilibrado, por ter corrido para trás sem baixar bastante o ombro da frente, no seu caso o ombro esquerdo. Essa postura positiva de correr para trás com o corpo desequilibrado para frente, isto é, o ombro da frente mais abaixado que o de trás, permite que o atleta bata a bola bem equilibrado quando ele acaba de frear bruscamente para bater a bola, pois no ato da freada o corpo do atleta desequilibrado para frente se conserta, fazendo com que ele bata a bola com os dois ombros completamente equilibrados.
O que é muito comum de se ver é o jogador isolar a bola no fundo da quadra adversária, pelo fato de ter corrido equilibrado, e quando freia bruscamente para bater a bola, seu corpo cai para trás, com seu peso ficando totalmente recaído sobre o pé de trás. A diferença dessa postura parece um nada para quem observa esse golpe, mas num potente “drive” essa pequena maior inclinação do corpo e da raquete de Del Potro para trás foi o que gerou um enorme erro de seu golpe, com a bola caindo bastante fora, no fundo da quadra adversária.   
            Voltando aos comentários sobre o primeiro “set”, Federer conseguiu ganhar facilmente todos os seus saques, por ter jogado mais à base de primeiro serviço, fazendo “aces” nos momentos necessários, não obstante tenha efetuado três duplas-faltas nesse “set”.Ainda nesse primeiro “set”, quando Del Potro sacava perdendo por 2/5 e 0x40 Federer deixou de apertar o pescoço de Del Potro, permitindo-lhe voltar a acreditar que poderia vencer o adversário. Isto ocorreu após Federer errar duas curtas que possibilitaram a espetacular virada do então quase moribundo serviço de Del Potro.
Mas ainda sacando bem, Federer fechou com relativa facilidade o seu saque por 6/3, não obstante tenha iniciado o “game” fazendo uma dupla-falta, mas conseguindo compensá-la com dois importantes “aces”.

            O segundo “set” pode ser interpretado como a primeira pedra no sapato de Federer.Não obstante esse “set” tenha começado já com uma quebra do saque de Del Potro, por ele ter feito duas duplas-faltas, e Federer ter ganho seu saque, mas cometendo uma dupla-falta, já começou a dar para se perceber que o primeiro saque de Federer havia decaído bastante e que, por ele passar a jogar mais à base de segundo saque, as devoluções de saque feitas por Del Potro estavam ficando bem mais agressivas e certeiras, levando Federer a ter maior dificuldade para ganhar os seus saques. E foi quando Federer sacava com a vantagem de 5/4 para fechar o segundo “set” que se viu a observação acima desfavorecê-lo, quando jogou praticamente à base de segundo saque e com isso permitindo que Del Potro passasse da situação de defensor do primeiro saque adversário para a posição de atacante nas respostas de segundo saque, quebrando com isso o saque de Federer e empatando o “set” em 5/5.E o “set” foi para um “tie-break” que acabou favorecendo Del Potro com a vantagem de 7/6 (7/5).  (Continua nas Dicas da próxima semana)   

TAGS: 

Anterior - Próxima