Top Tennis

350 figuras, ilustrações e gráficos

169 páginas de alta qualidade

Texto de fácil assimilação

Totalmente colorido

Conteúdo do Site

Pesquisa


Untitled Document

 

Total de Dicas postadas: 490

Data: 12-04-2019

Número: 988

As Dicas de hoje abordam três assuntos, sobre os quais empregarei conceitos de “neurolinguística”, com o objetivo de interpretar a mensagem levada ao leitor, para ensiná-lo a comandar seu próprio cérebro. Os assuntos de meus comentários referem-se a ”Descontrole emocional”, “Controle emocional” e “Crença”.
“Descontrole emocional” ou, em outras palavras, perda de controle, é um comportamento altamente negativo para qualquer situação na vida de um indivíduo.
O “Descontrole” significa que você não está mentalmente preparado para fazer absolutamente nada. Isto pode nos levar à conclusão de que é imprescindível, para o sucesso de qualquer atividade, que se aprenda a ter “Controle emocional”, para que seja possível administrar com sucesso um problema que se insurja em nossa vida.
Na prática do esporte é comum se ver a maioria dos jovens perdendo jogos por falta de “Controle emocional”. Quanto mais sofisticado o nível dos atletas, a perda de um ponto levando-o ao “Descontrole” gera normalmente perda de mais um ou dois pontos  seguintes, os quais, por conta do fato de o jogo estar sendo muito equilibrado, poderão vir a ser o fator decisivo para provocar a derrota final do atleta descontrolado.
Veja o lado negativo da palavra “des+controle”. Adicionado à palavra controle, “des” significa “não” ou “falta de” controle. Ou seja, o prefixo “des” tem o significado de transformar em negativismo o lado altamente positivo da palavra “Controle”.
Assim, espero ter transmitido aos leitores que precisam estar vigilantes para perceberem a importância de lutarem por manter, a todo o momento e em qualquer situação, seu constante “Controle emocional”. 
Como já disse em Dicas passadas, a grande virtude do jogador “mascarado” é que ele sempre inventa algo para não botar em si a culpa por qualquer erro. Ele dá parabéns ao adversário por um ponto bem jogado; ao errar bota culpa no pulo errado da bola ou de uma sujeirinha que tenha feito a bola desviar ou andar mais rápido ao bater no chão; etc, etc. Repito aqui também que o grande erro do “mascarado” é alardear que se acha o máximo, criando antipatias sobre si e deixando com isso de receber orientações gratuitas de profissionais que poderiam ajudá-lo. Imite o “mascarado”, mas guarde somente para si seu próprio pensamento de que se acha apenas o máximo!
Você deve respirar profundamente várias vezes para absorver “endorfina”, a qual voltará a acalmá-lo, ao neutralizar um ocasional excesso de “adrenalina” causado por um eventual nervosismo. Tudo isso é decisivo para ajudá-lo no aprendizado de manutenção de seu “Controle emocional”. Lembre-se de que à noite você começa a bocejar, quando passa a respirar profundamente, absorvendo com isso bastante “endorfina”, levando seu corpo ao relaxamento e a ficar com sono.
            A palavra “Crença” entra também como um importante instrumento de “neurolinguística”, influenciando o indivíduo a acreditar que pode rapidamente educar sua mente no sentido de “crer” que já detém um perfeito “Controle emocional”.

            Através dos ensinamentos da “neurolinguística” um indivíduo ... (Continua nas Dicas da próxima semana) 

TAGS: 

Anterior - Próxima